terça-feira, 1 de setembro de 2015

Como socorrer um animal atropelado na rua

Como socorrer um cachorro ou gato atropelado.
Como socorrer um cachorro atropelado.
Como socorrer um gato atropelado.
Primeiros socorros para animal atropelado.
Veja o passo a passo para socorrer nossos amiguinhos de quatro patas que são atropelados na rua:

Em primeiro lugar, retire o animalzinho do local de risco com cuidado, pois, dependendo do temperamento e grau de dor, o animal pode tentar morder quem o socorre pra se proteger.
Se for o caso, improvise uma mordaça com um cadarço do tênis, com cuidado para não causar oclusão da respiração do animal (devendo ser feito um nó com o cadarço na parte da região nasal, próxima aos olhos).
Limpe as narinas e a boca do animal, evitando que ali permaneçam resquícios de sangue, muco, vômito ou algum corpo estranho que possa atrapalhar a respiração do animal.
Evite movimentação excessiva da coluna e dos ossos em geral, devido risco de estender lesões.
Se existir hemorragia ativa, comprimir a região com um pano ou toalha limpa, a fim de evitar a perda de sangue.
Para fazer o transporte do animal acidentado, pode ser usada uma tábua de madeira, pranchas, ou qualquer superfície pequena, estável e resistente que comporte o peso do animal e que seu carro consiga transportar sem dificuldades.
Caso o animal esteja agitado demais, ele pode ser amarrado deitado de lado, com cintos ou cordas na superfície de estabilização. Vale lembrar que a corda deverá ser passada pela região de ombros e coxas (atentar para politrauma de região posterior), e é importante que as regiões abdominal e torácica fiquem livres para uma respiração adequada.
Faça o transporte Com muito cuidado e evite a manipulação.
Leve o animal até o hospital ou clínica veterinária mais próxima para estabilização, tratamento da dor, realização de exames, localização de possíveis lesões e todo o suporte necessário.
São inúmeros os riscos envolvendo animais soltos nas ruas, e uma das principais consequências disso é o atropelamento e, dependendo da região de impacto do veículo no animal, o desfecho pode ser fatal.
Por ser tratar de uma ocorrência trágica, é comum que muitos ignorem esse tipo de acidente; porém, é de extrema importância que ele seja relatado para uma equipe médica - que receberá o animal e poderá fazer a localização das lesões, otimizando o tempo de socorro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Receba Novidades por Email

Google+ Badge

Postagens populares

Visualizações de páginas da semana passada